Dramaturgia Baiana

reboucas

Clarissa Rebouças

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Cinema e Vídeo pela Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC de Salvador, no ano de 2007, Especializada em Roteiro na Escuela Internacional de Cine y Video – Cuba, em 2009, e em Roteiros e Programação Audiovisual pela UNIJORGE, em 2010.

Atua principalmente ministrando oficinas de roteiro e audiovisual, escrevendo roteiros e peças, dirigindo curtas documentários e de ficção.

Em 2009 dirigiu o documentário A procissão dos Homens, selecionado no edital do IRDEB que contempla os 26 territórios de identidade da Bahia.

Em 2010 escreveu a peça Pavio Curto para ponto de cultura do Teatro Solar Boa Vista em co autoria com Denisson Palumbo e supervisão de Cláudio Simões.

Em 2011, foi assistente de direção de Sargento Getúlio com direção de Gil Vicente Tavares e em 2012 finaliza desvelo, curta ficção, selecionado pelo Ministério da Cultura.

Obras

Voltar

Cultura e Cidade

Odoyá, receba o nosso lixo!

Cláudio Marques 08/02/2018

  Por décadas, eu frequentei a festa dedicada à Iemanjá no Rio Vermelho. Desde 1986, acho, de forma ininterrupta. Eu sou diurno e sempre cheguei cedo, por volta das cinco horas da manhã. Sol...

Meu tio Louzeiro

Gil Vicente Tavares 30/12/2017

Recentemente, a obra de José Louzeiro voltou à minha cabeceira. Dirigindo “Roberto Zucco” como formatura de alunos da Escola de Teatro da UFBA, revisitei “Lúcio Flávio, passageiro da...

O Brasil no escuro (II)

Ordep Serra 18/08/2016

Em artigo anterior eu falei que é preciso ser muito burro para acreditar na lenga- lenga de nossos governantes: acreditar que se dinamiza a economia cortando no orçamento verbas destinadas a...

chico science 50

James Martins 11/03/2016

[isso não passa de um post de facebook. mas como já sei que gil vicente ia reclamar, decidi postar aqui. dada a desimportância do texto, peço de antemão, perdão]: participei da transmissão do...

Assine nossa newsletter