Dramaturgia Baiana

Claudio2

Cláudio Simões

Autor, ator e diretor, Claudio Simões é Bacharel em Artes Cênicas – Direção Teatral pela Universidade Federal da Bahia, graduado em 1995. A estréia profissional como autor teatral foi com DIAS 94 em 1994, logo seguido, no mesmo ano, pelo monólogo Quem matou Maria Helena? (que lhe renderia uma indicação ao Troféu Bahia Aplaude na categoria Melhor Autor e montagens em Salvador, Curitiba, São Paulo, Rio de janeiro e Governador Valadares). Venceu ainda os Troféus Bahia Aplaude e Copene de Teatro na categoria Melhor Autor com as peças Quem não ama não mata (Abismo de rosas) (1997) e Como Raul já dizia (2001) respectivamente. Foi indicado também, na mesma categoria, pelas peças Jingobel (1998) (que recebeu montagens no Rio de Janeiro, São Paulo, Juazeiro e Feira de Santana), Vingança, vingança, vingança!!! (2000), Caso sério (escrita em parceria com Margareth Boury) (2009) e Trilogia Shirley (2010). Escreveu também Vixe Maria! Deus e o Diabo na Bahia, em parceira com Cacilda Povoas e Gil Vicente Tavares, espetáculo que, com direção de Fernando Guerreiro, ficou em cartaz de 2004 a 2007; O indignado, em parceria com Djaman Barbosa e direção de Fernando Guerreiro, estreado em 2008; e O Cravo e a Rosa, com direção de Roberto Lúcio em 2009. Estreou em 2012 o musical Pelo telephone, em São Paulo, com direção de João Sanches. Na televisão, co-escreveu Alta estação, novela de Margareth Boury, dirigida por João Camargo (2006-07), na Rede Record.

Obras

Voltar

Cultura e Cidade

O Brasil no escuro (II)

Ordep Serra 18/08/2016

Em artigo anterior eu falei que é preciso ser muito burro para acreditar na lenga- lenga de nossos governantes: acreditar que se dinamiza a economia cortando no orçamento verbas destinadas a...

Um Ano Tião!

Cláudio Marques 01/07/2016

“Ele está bem?”. Eu tinha certeza de que no momento exato do nascimento do meu filho eu faria essa pergunta à Marilena, nossa médica. Passei quase toda a gravidez pensando nisso. Às 15 horas e...

chico science 50

James Martins 11/03/2016

[isso não passa de um post de facebook. mas como já sei que gil vicente ia reclamar, decidi postar aqui. dada a desimportância do texto, peço de antemão, perdão]: participei da transmissão do...

Assine nossa newsletter