Dramaturgia Baiana

admin-ajax

Luciana Comin

Luciana Comin é dramaturga, roteirista e atriz. Formada em interpretação teatral pela Escola de Teatro da UFBA, participou de mais de vinte espetáculos em Salvador. Em 2002, venceu o Prêmio Braskem de Teatro na categoria melhor atriz coadjuvante pela atuação no espetáculo Isto é Bom Demais!.

Como dramaturga, foi coautora do espetáculo Quem Conto Canta Cordel Encanta (vencedor do Prêmio Braskem de Teatro – melhor infanto-juvenil) e assinou a autoria de Amarescente (Contemplado com o Prêmio Miriam Muniz, da Funarte), do infantil Ora Bolas! (Indicado ao Prêmio Braskem como melhor texto de 2006 e vencedor na categoria melhor infanto-juvenil), Pra Não Esquecer de mim (vencedor do Prêmio Braskem na categoria melhor texto de 2006), dentre outros.

Trabalhou como roteirista nos programas Identidades e nas Reportagens especiais do programa Encenação, produzidos pela TV Anísio Teixeira.

Ganhou em primeiro lugar o Edital Textos Dramatúrgicos (Funceb 2010), com Céu de Maracangalha.

Mestranda em Artes Cênicas na área de dramaturgia, pesquisa a construção de uma narrativa transmídia voltada para o público infanto-juvenil.

É professora do projeto RETRATE INTERIOR (Requalificação dos trabalhadores de teatro do interior), no qual ministra aulas de História do teatro.

Dirige e é professora da empresa TECA TEATRO E OUTRAS ARTES, onde desenvolve trabalhos em arte com crianças e para crianças.

Obras

  • AMARESCENTE (2008)
  • PRA NAO ESQUECER DE MIM (2006)
Voltar

Cultura e Cidade

Sobre Platão e Jorge Luis Borges

Gil Vicente Tavares 29/09/2017

Pouca gente sabe, mas o Shazam da música que meu pai fez com Antonio Carlos & Jocafi, com o qual aprendeu-se a sorrir, era o cão de meus pais. Platão, meu cão, sorriu por cerca de 15 anos ao...

Tragédia anunciada

Cláudio Marques 23/11/2017

  “Baronesa”, de Juliana Antunes, é um filme difícil. Ele nos leva para o meio da guerra, na periferia. Uma guerra que, via de regra, toma-se notícia de forma fria, através de veículos...

O Brasil no escuro (II)

Ordep Serra 18/08/2016

Em artigo anterior eu falei que é preciso ser muito burro para acreditar na lenga- lenga de nossos governantes: acreditar que se dinamiza a economia cortando no orçamento verbas destinadas a...

chico science 50

James Martins 11/03/2016

[isso não passa de um post de facebook. mas como já sei que gil vicente ia reclamar, decidi postar aqui. dada a desimportância do texto, peço de antemão, perdão]: participei da transmissão do...

Assine nossa newsletter