Espetáculos

Os Amantes II

Em 2006, o Teatro NU montou o seu primeiro espetáculo, Os Amantes II, de Gil Vicente Tavares. O texto já havia sido lido pela atriz Jussilene Santana sob a direção de Ewald Hackler, e depois de uma leitura encenada em Roma, na Itália, pelo diretor Pietro Bontempo, Gil se juntou com Jussilene e os dois resolveram inaugurar o grupo nos palcos com essa peça.

Dialogando com a tradição da dramaturgia mais recente, ao redor do mundo, a peça traz uma linguagem seca, quase direta e, pra muitos, pouco dramática. A situação, também, gira em torno de um só tema, e o conflito se estabelece de forma não-convencional e repetitiva. O texto discute e reflete sobre problemas que atingem grande parte dos cidadãos urbanos, trazendo para a esfera da discussão as crises, ansiedades e frustrações da nossa sociedade contemporânea.

Desta forma, o espetáculo pretende refletir sobre a solidão e o esvaziamento das relações do homem contemporâneo, através da súbita quebra da única TV de um casal.

Ficha Técnica

Texto e direção: Gil Vicente Tavares
Elenco: Carlos Betão, Carlos Nascimento e Jussilene Santana
Cenário e figurino: Euro Pires
Iluminação: Eduardo Tudella
Arte: Gaio Matos
Produção: Sandro Barral
Assessoria de imprensa: Jussilene Santana

Voltar

Cultura e Cidade

A Cidade do Futuro, o filme

Márcio C. Campos 24/04/2018

Várias cidades do futuro foram erguidas no mundo desde que a sensibilidade moderna se estabeleceu: da italiana e renascentista Palmanova, com sua complexa combinação matemática originando uma...

Odoyá, receba o nosso lixo!

Cláudio Marques 08/02/2018

  Por décadas, eu frequentei a festa dedicada à Iemanjá no Rio Vermelho. Desde 1986, acho, de forma ininterrupta. Eu sou diurno e sempre cheguei cedo, por volta das cinco horas da manhã. Sol...

Assine nossa newsletter